30 de dezembro de 2012

Top 5 de 2012

Fim de ano chegou e com ele aquele sentimento de "dever cumprido" (pelo menos no meio literário). Até o exato momento entre leituras e releituras, quarenta e três livros na lista. Lógico que numa lista relativamente ampla, altos e baixos seriam eminentes. Por isso, decidi dedicar o último Top5 do ano para eles. Numa explicação rápida sobre o post, não irei citar os motivos para a escolha de cada um deles, até porque a maior parte já está exposto em resenhas sobre os respectivos livros espalhadas pelo blog. Sem mais delongas, os escolhidos em cada categoria. 
— Melhores Lidos no Ano —
Falar dos melhores foi uma tarefa fácil. Motivo simples: Foram os livros que deixaram aquele "êxtase pós leitura", que faz você ficar inerte e absorto. Das terras medievais à um futuro geek não tão distante,  esses foram os escolhidos: 


1. Jogador Numero 1, Ernest Cline
2. As Vantagens de Ser Invisível, Stephen Chbosky
3. O Hobbit, JRR Tolkien
4. Carrie, A Estranha, Stephen King
5. Jogada Mortal, Harlan Coben

Vale ressaltar que escolhi por ordem de preferência, o que foi bem mais difícil do que escolher esses cinco.

26 de dezembro de 2012

Resenha: Jogador Numero 1

Título Original: Ready Play One
Editora: LeYa
Autor: Ernest Cline
ISBN: 978-85-8044-268-7
Ano: 2011
Número de páginas: 464

Sinopse: Cinco estranhos e uma coisa em comum: a caça ao tesouro. Achar as pistas nesta guerra definirá o destino da humanidade. Em um futuro não muito distante, as pessoas abriram mão da vida real para viver em uma plataforma chamada Oasis. Neste mundo distópico, pistas são deixadas pelo criador do programa e quem achá-las herdará toda a sua fortuna. Como a maior parte da humanidade, o jovem Wade Watts escapa de sua miséria em Oasis. Mas ter achado a primeira pista para o tesouro deixou sua vida bastante complicada. De repente, parece que o mundo inteiro acompanha seus passos, e outros competidores se juntam à caçada. Só ele sabe onde encontrar as outras pistas: filmes, séries e músicas de uma época que o mundo era um bom lugar para viver. Para Wade, o que resta é vencer – pois esta é a única chance de sobrevivência. A vida, os perigos, e o amor agora estão mais reais do que nunca.
 Sabe aquela sensação de que aquela livro foi feito especialmente para você? Pois Ernest Cline ganhou todo meu respeito depois desse livro.

 Num futuro não tão distante (mais precisamente em 2044), o mundo está totalmente em caos. Crises energéticas, mudanças drásticas e catastróficas climáticas, fome, guerra, doenças, pobreza, etc. A Gregarious Simulation System (GSS - Antiga Gregarious Games) havia criado o OASIS, um famoso jogo online de MMORPG (Massively multiplayer online role-playing game - Jogos Online para Múltiplos Jogadores) que se tornou a válvula de escape para as pessoas fugirem da realidade. Logo o OASIS se transformou na realidade virtual mundialmente difundida e utilizada por quase todas a população. Não há necessidade de ir a escola ou ao trabalho, fisicamente falando. Basta acessar sua conta OASIS para isso.
Antes do OASIS, os jogos on-line de múltiplos jogadores estavam entre os primeiros ambientes sintéticos compartilhados. Eles permitiam que milhares de jogadores coexistissem simultaneamente dentro de um mundo simulado, ao qual se conectavam a internet. O tamanho geral desses ambientes era realmente pequeno, em geral, um mundo único ou uma dezena de pequenos planetas. O OASIS continha centenas (e às vezes milhares) de mundos em alta resolução 3D para as pessoas explorarem, e casa um deles era organizado com detalhes gráficos meticulosos, com insetos, folhas, grama, vento e padrões de clima. Os usuários podiam se mover por esses planetas e nunca ver o mesmo terreno duas vezes. Mesmo em sua versão mais primitiva, o escopo da simulação era assombroso
Página 76
James Halliday era o dono desse esplendoroso mundo. Era, pois ele havia morrido. Como não tinha herdeiros, Halliday decidiu deixar toda sua herança como também "seu trono" na GSS para aquele que conseguisse achar um Easter Egg, um ovo escondido (e muito bem escondido) no jogo. Uma busca desenfreada pela caça ao ovo estourou no mundo. A IOI (Innovative Online Industries) uma empresa de comunicações multinacional que há tempos tenta dominar a GSS, monopolizando o acesso ao OASIS, passando a cobrar taxas mensais de acesso à simulação. Pretendia também acabar com o anonimato e a liberdade de expressão.

Anos se passam e nenhum sinal do ovo aparece. Alguns chegam a acreditar que o testamento é uma mera piada. Eis que entra em cena Wade Watts, ou Parzival como era conhecido no mundo virtual real. um garoto pobre e orfão, que havia sido criado pela tia e se torna um dos obcecados em achar o item raro. Fã assíduo de Halliday, o garoto sabia que para conseguir o seu ideal, teria que conhecer o patrono do OASIS mais que a si mesmo. O pacato garoto consegue encontrar a primeira pista do ovo, ou no caso a Chave de Cobre. Parzival juntamente a Art3mis, Shoto, Daito, Aech, e os Seis (nome dado pelos caça-ovo aos agentes da IOI que tentavam a qualquer custo acha-lo) são os primeiros a desvendar o mistério do primeiro enigma. Mas junto com a fama, os perigos da vida real vem consigo. A guerra entre vida real e virtual estava iniciada!

Jogador Numero 1 é a verdadeira homenagem ao universo Geek. Baseado na cultura pop dos anos 80 e 90, o livro nos trás de volta grandes clássicos como Atari, jogos como o Joust e Dungeons of Daggorath e filmes como Star Wars, Ultraman, Star Trek, etc. O sentimento ao final do livro é de total felicidade e vontade de lê-lo novamente (sério, estou quase fazendo isso). Ainda vejo-me perdido no OASIS juntamente com Parzival em suas grandes missões. Vale dizer que li as mais de 400 páginas em 3 dias! Talvez pra quem não esteja tão envolvido com os filmes, jogos, séries, músicas, etc citados no livro, fique um tanto perdido, o que é absolutamente normal. Alta e completamente indicado aos Geeks de plantão. Para finalizar a noticia: O livro irá tornar-se um filme da Warner, com expectativas de ser o novo "Avatar" (em termos de sucesso). Claro, estarei lá.

Avaliação:

25 de dezembro de 2012

Selos e mais selos!

A Naah Stuart mais uma vez ganhou alguns selos em seu blog (Postagem dela aqui) e decidiu indicar o Cantina do Livro para respondê-los. Agradeço pela lembrança, mais uma vez!


Regras: 
1- Responder as perguntas
2 - Escolher dez blogs para repassar este meme e passar o link do seus respectivos blogs.

20 de dezembro de 2012

Resenha: As Vantagens de Ser Invisível

Título Original: The Perks of Being a Wallflower
Editora: Rocco
Autor: Stephen Chbosky
ISBN: 978-85-325-2233-7
Ano: 1999
Número de páginas: 223

Sinopse: Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.
 As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.
As Vantagens de Ser Invisível é um livro narrado em primeira pessoa através de cartas escritas pelo próprio Charlie, personagem central da história. Essas cartas são endereçadas a alguém, sabe-se lá quem de acordo com as experiências passadas na vida do garoto. 

Sem muitos amigos, Charlie teve seu melhor amigo Michael morto (suicidou-se) e sua Tia Helen, parente mais próxima dele também morta, mas em um acidente de carro quando ele ainda era criança. Agora, ele vive a expectativa da volta as aulas. Passado o medo inicial, ele descreve em uma de suas cartas como surgiu sua amizade com os veteranos e meio-irmãos Patrick e Sam, (pela qual Charlie vê seu coração bater mais forte - seu primeiro amor), aqueles que se tornariam seus maiores amigos e propiciariam ao garoto momentos inesquecíveis e únicos. Logo ele conheceu alguns dos amigos deles como Mary Elizabeth, Alice e Bob. 
"[...] E naquele momento eu seria capaz de jurar que éramos infinitos."
Página 49
 Sabe quando você termina de ler um livro e fica perdido em pensamentos e totalmente maravilhado com aquilo que você terminou de ler? Pois esse sou eu. A história é tão incrível e real que posso deixar alguns detalhes passar despercebido nessa resenha, portanto me desculpo desde já. 

Charlie é um garoto ingênuo que vai descobrindo aos poucos as "malicias" da vida e levando-as de forma bem humorada, sempre quase sempre preocupado em contar os detalhes de suas aventuras ao seu "destinatário secreto".  Há também os problemas das pessoas próximas a ele, que o deixam bastante apreensivo (como o lance de sua irmã Candace com o namorado, por exemplo). 

De leitura fácil e enredo acolhedor, não há como não se encantar com o livro. Não posso deixar de falar do ótimo gosto musical de Charlie, que cita inúmeras músicas no livro, mas "Asleep" de The Smiths (abaixo) fica como trilha sonora da história. Queria muito comentar sobre o final, mas devido ao spoiler não vou poder falar. Mas só digo que é surpreendente. Para quem curte um bom livro, mais que indicado! Vale lembrar que também há o filme, que a propósito é uma das adaptações mais fiéis que já pude assistir. 



Avaliação:

17 de dezembro de 2012

Meme: O que você anda lendo?

Depois de alguns dias "distante" do blog, aqui estou eu. Bom, passando pelo blog Universo Literário vi um meme que criado pelo skoob e que a Francielle havia postado lá. Não conhecia ainda esse meme, e como curti bastante resolvi faze-lo. 
Lá vai:

Quantos livros você tem na sua aba de lidos no Skoob?
124 livros e um 1 na categoria "Quadrinho" (Só marco HQ baseadas em livro, como "Os Miseráveis", por exemplo) 

Qual livro você está lendo?
As Vantagens de Ser Invisível. To curtindo.

Quantos livros tem na sua aba de vai ler?
144 (cento e quarenta e quatro) E só aumenta.

Você está relendo um livro? Qual é?
Não

Quantos livros você já abandonou? Quais são eles?
16. "As Aventuras de Um Ilustre Cliente" e "O Gato do Brasil" (Conan Doyle), Diários de Vampiro: O Confronto (LJ Smith), O Matador (Patricia Melo), Angel  (Joss Whedon), Caninos Brancos (Jack London), A Bela e a Fera (Clarice Lispector), O Romance da Torre (Francisco Sá), Arquivo X 11 - O Fantasma da Máquina (Les Martin), Carta de Pero Vaz de Caminha, Triste Fim de Policarpo Quaresma (Lima Barreto), Memórias de um Sargento de Milícias (Manuel Antonio de Almeida), Quincas Borba (Machado de Assis), O Morro Dos Ventos Uivantes (Emily Brontë), Os olhos do dragão (Stephen King), O Ateneu (Raul Pompéia)

Quantas resenhas você tem cadastradas no Skoob?
8 (oito) A maior parte só metade com link redirecionando pra cá. 

Quantos livros você tem avaliado na sua lista?
114 (cento e quatorze) 

Na aba favoritos, quantos livros você tem registrado? Cite alguns.
30 (trinta) favoritos, dentre eles as sagas Harry Potter, Jogos Vorazes e Percy Jackson, alguns do Harlan Coben como Jogada Mortal e Cilada e clássicos como O Auto da Compadecida, O Médico e o Monstro e Capitães da Areia.

Quantos livros você tem na aba Tenho?
93 (noventa e três)

Quantos livros você tem nos desejados?
46 (quarenta e seis)

Quantos livros você tem emprestados no momento? Quais?
Existe essa possibilidade? rs

Você quer trocar algum livro? Quais?
Clique para ampliar
Interessados em trocas, cheguem mais.

Na aba meta quantos livros você tem marcado? Cumpriu esta meta?
24 (vinte e quatro). Desses, 13 lidos, 10 em vou ler e 1 lendo.

Qual o número do teu paginômetro?
28.799

Qual o link do teu perfil no Skoob?
http://www.skoob.com.br/usuario/269526 - Quem quiser pode adicionar.

Não vou indicar ninguém mas fica a dica. Isso é tudo pessoal.

12 de dezembro de 2012

Resenha: A Fantástica Fábrica de Chocolate

Título: A Fantástica Fábrica de Chocolate (Charlie and the Chocolate Factory)
Editora: Martins Fontes
Autor: Roald Dahl
ISBN: 978-85-336-0982-5
Ano da Edição: 2010
Número de páginas: 166
Sinopse: Ninguém sabia o que acontecia dentro daquela fábrica de chocolate. Havia gente trabalhando nela, claro, mas ninguém entrava e ninguém saía. Só saíam os doces e os chocolates, bem embrulhadinhos, prontos para serem vendidos. Um dia, os portões da fábrica se abriram para os cinco felizardos ganhadores do Cupom Dourado - e o mistério se desvendou. O leitor é convidado a conhecer o rio de chocolate, a grama de açúcar mentolado, os caramelos de cabelo e mil outras delícias - tudo isso na companhia do incrível Sr. Wonka, o dono da Fantástica Fábrica de Chocolate.
Charlie Bucket é um garoto de familia pobre que vive com seus pais e seus quatro avós idosos. Seu pai trabalha tampando bisnagas de creme dental. Obviamente, seu salário não dá pra absolutamente (ou quase isso) nada. Uma vez por ano, de aniversário em aniversário, Charlie ganha uma barra de chocolate Wonka, o chocolate mais apreciado no mundo. Seu avô Joe quando mais novo, foi funcionário do enigmático Willy Wonka, dono da fábrica de chocolates. Porém, achando que alguns de seus funcionários eram espiões, despediu todos sem exceção e fechou a fábrica, que mais tarde voltaria a funcionar com portões fechados para qualquer pessoa. 

Numa jogada de Marketing por assim dizer, Wonka decide premiar cinco crianças para uma tour em sua maravilhosa fábrica. Para isso, foram colocados cinco bilhetes dourados em cinco barras de chocolates que foram espalhadas pelo mundo. Logo o corre-corre em busca dos cupons se espalham como um viral, todos em busca do maravilhoso cupom.
Neste livro aparecem cinco crianças:

AUGUSTO GLUPE, o menino guloso
VEROCA SAL, a menina mimada
VIOLETA CHATACLETE, a menina que masca chiclete o tempo todo
MIGUEL TEVEL, o menino que só vê televisão
e CHARLIE BUCKET, o herói.

Página 5
 Difícil trazer alguma visão diferente do que todos nós já conhecemos da Fantástica Fábrica de Chocolates. De leitura simples, espontânea e direta, finalizei o livro sem nem perceber ao certo quanto tempo passei lendo. Acredito que o fato de já estar ambientado com a história devido os filmes facilitou e auxiliou bastante. Sim, um dos pouquíssimos filmes que foram bem adaptados com mudanças minimas. Enfim, o foco é o livro.

Willy Wonka não é um louco, por mais que suas atitudes, ideias e invenções provem o contrário. Simplesmente, é O personagem da história, superando até o próprio Charlie, que convenhamos, não exerce muita função no livro. Seu avô Joe é outro personagem cativante da história. Quantos as crianças, afirmo que TODAS tiveram o fim que mereceram.

Não conhecia ainda o livro e gostou do filme? Não conhecia nem a história? Então, fica a dica de uma boa humorada literatura infantil.

Avaliação:

10 de dezembro de 2012

Os 10 livros literários mais vendidos da história


Para se chegar ao resultado consultei reportagens, entidades editoriais, empresas de pesquisas de mercado e publicações especializadas em livros. O objetivo era identificar, baseado nessas informações, quais são os 10 livros literários mais vendidos no mundo em todos os tempos. Participaram do levantamento as publicações: “Global Times”, “Telegraph”, “New York Times”, “HowStuffWorks”, “Financial Times”; as entidades editoriais International Publishers Association (IPA), International Booksellers Federation (IBF) e International Federation of Library Associations and Institutions (IFLA); e as empresas de auditagem e pesquisas de mercado Nielsen e a GfK. Embora não exista concordância sobre os números exatos do mercado de livros ao longo dos séculos, os levantamentos das publicações, instituições e empresas mencionadas, parecem ser o que mais se aproximam do consenso editorial.

7 de dezembro de 2012

Kindle ou Kobo?

O mercado brasileiro de e-readers, os leitores de livros eletrônicos, carece de boas opções. A Livraria Cultura, em parceria com a Kobo, tenta mudar esse cenário.

A Kobo, que pertence à empresa japonesa Rakuten, é uma das principais marcas de e-reader do mundo. Seus aparelhos concorrem de igual para igual com os da Amazon (Kindle - Agora também no Brasil), os da Barnes & Noble (Nook) e os da Sony.

Na semana passada, a Cultura lançou no Brasil o Kobo Touch, modelo com tela sensível ao toque que foi anunciado nos EUA em maio do ano passado.

1 de dezembro de 2012

Wishlist #4




Enfim é chegado o último mês de 2012. Se os Maias estiverem certos duvido, ultimos dias para nós leitores aproveitarmos o que há no mundo literário. Além das festas de fim de ano, mês também do meu aniversário. Portanto, visualizem bem essa wishlist. Brincadeiras a parte, esses foram os três escolhidos para serem citados para Dezembro: 

01. Coração de Tinta - Cornelia Funke
Sinopse: Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante noturno finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição. É que Mo tem uma habilidade estranha e incontrolável: quando lê um texto em voz alta, as palavras tomam vida em sua boca, e coisas e seres da história surgem como que por mágica. Numa noite fatídica, quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado "Coração De Tinta". Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. 
Tantas resenhas e comentário positivos lidos por mim nos últimos dias/meses que a curiosidade sobre o livro cresceu. Na expectativa e na 'Lista de Desejos'.
___________________________________________________________________________

02. Os Heróis do Olimpo: O Herói Perdido - Rick Riordan 
Sinopse: Depois de salvar o Olimpo do maligno titã Cronos, Percy Jackson e seus amigos trabalharam duro para reconstruir seu mais querido refúgio, o Acampamento Meio-Sangue. É lá que a próxima geração de semideuses terá de se preparar para enfrentar uma nova e aterrorizante profecia. Uma mensagem que pode se referir a qualquer um deles: "Sete meios-sangues responderão ao chamado. Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado. Um juramento a manter com um alento final, E inimigos com armas às Portas da Morte afinal." Os campistas seguirão firmes na inevitável jornada, mas, para sobreviver, precisarão contar com a ajuda de alguns heróis, digamos, um pouco mais experientes — semideuses dos quais todos já ouvimos falar... e muito.
Fã que sou da saga Percy Jackson e os Olimpianos, confesso que não havia lido esse livro ainda por preguiça e por ter muitos outros antes dele no meu Wishlist. Agora que essa lista diminuiu, pretendo lê-lo até o final do ano.  
___________________________________________________________________________

03. The Walking Dead: A Ascensão do Governador - Robert Kirkman
Sinopse: No universo de The Walking Dead não existe vilão maior do que o Governador, o déspota que comanda a cidade de Woodbury. Eleito pela revista americana Wizard como "Vilão do ano", ele é o personagem mais controvertido em um mundo dominado por mortos-vivos. Neste romance os fãs irão descobrir como ele se tornou esse homem e qual a origem de suas atitudes extremas. Para isso, é preciso conhecer a história de Phillip Blake, sua filha Penny e seu irmão Brian que, com outros dois amigos, irão cruzar cidades desoladas pelo apocalipse zumbi em busca da salvação. 
Originalmente The Walking Dead é uma série de HQ publicadas pelo próprio Robert Kirkman e como já deve-se saber, tornou-se uma série de TV. Em vista a 3ª temporada da série a qual o Governador enfim apareceu na história, a curiosidade sobre o livro surgiu também. O que de fato aconteceu com o personagem, seu passado, etc... Motivos que fizeram o livro levar o terceiro lugar da lista de desejos desse mês.

Como de costume ao final de cada Wishlist eu faço um saldo geral do que consegui entre todas as listas de desejos que eu postei. Dos outros 9 livros que eu tinha citado (Veja as outras postagens aqui), O Retorno do Jovem Príncipe e Alta Tensão entraram na rol dos "tenho".
E vocês, quais os livros integram o top 3 da sua lista de desejos? 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...